Seguidores

segunda-feira, 22 de maio de 2017

As Grandes Diferenças entre BDSM e Abuso.



1 - BDSM é feito de KINKS sadomasoquistas.

Coisas que para muitos são vistas como desagradáveis, mas para os praticantes constituem em algo que percebem como erótico ou sensual, misturam ao sexo, etc... havendo prazer mútuo para quem aplica e quem recebe.

Abuso é simplesmente um ato aonde uma pessoa se aproveita da outra, incluindo aqui a prática de crueldade na qual esta outra NÃO está tendo prazer. E sim, é possível alguém praticar "abuso à título de BDSM" (o que a Wilma de Azevedo classifica como os Sadomasoquismo Malicioso e Psicopático, em contraste com o Sadomasoquismo erótico).
Mas a distinção do efeito final é evidente.

Abuso - mesmo quando disfarçado de BDSM - resulta no mínimo em DESPRAZER, em EXPLORAÇÃO e no máximo em DANOS ao parceiro.

Obs.: Diga-se de passagem? A típica confusão feita entre o KINK - e aquilo que o originou - é um dos caminhos que leva ao "abuso à título de BDSM".
É aquela situação em que se tenta impor à alguém o papel de um escravo do mundo real confundido-se este com o escravo do BDSM ou algo similar.

2 - BDSM é LIVREMENTE CONSENTIDO.

Ênfase no livremente, que significa claramente que "tudo pode ser não só iniciado, como também interrompido à qualquer momento pelos praticantes".
E também significa que NINGUÉM PODE SER COAGIDO DE FATO À ABSOLUTAMENTE NADA nas práticas do BDSM.

Abuso? Pode ser até "consentido", quando alguém é induzido à aceitá-lo. Há sempre manipulação, constrangimento e/ou coerção nesses casos, onde o livre consentimento é minado.
Mas quase sempre não é consentido de forma alguma. Nesse casos é simplesmente imposto de forma autoritária, com ameaças, agressões, etc.

3 - BDSM é praticado com ZELO pelo parceiro.

Aqui as coisas ou são sãs e seguras, ou tem riscos responsavelmente calculados e aceitos. Mas nada constitui uma "total idiotice irresponsável", aonde hajam grandes chances de um dos envolvidos parar em um hospital, manicômio, cemitério e/ou cadeia - seja por um acidente muito fácil de acontecer inerente ao que é feito ou por objetivo da prática em si.

Abuso? Não tem qualquer preocupação com isso. É o oposto do zelo pelo parceiro. Aqui no mínimo o parceiro é reduzido à um objeto de uso (de fato, não como parte de um fetiche). E no máximo é um saco de pancada.

Autor Don Marco Alighieri

10 regras de Ouro para Negociações BDSM

A tradução destas imagens foram realizadas por Dom Gabriel e com a arte de Lord Caio Flavio direitos reservados aos seus idealizadores.












Música do Momento


Junção de uma relação SM e uma relação baunilha: Prós e contras


     O BDSM é algo único e vejo como um jogo mental aonde o Top comanda e o bottom obedece e o que vier se torna consequência; o meu corpo é uma extensão da minha mente com isto se ela funciona o meu corpo automaticamente vai corresponde , senão , nada acontece e entramos em um sentido estagnado sem nenhum interesse. Numa relação bau funciona da mesma forma com pequenas diferenças que o casal deve saber separar os momentos de uma D/s para um bau, como filhos, trabalho e sociedade civil que se por ventura não aja tanta abertura do casal em dizer que eles são praticantes de BDSM é certos fetiches.

Contras são a superficialidades , imediatismos , coisas mornas e paradas demais, nada disso prende a atenção por muito tempo na relação. Outra coisa é a sociedade e a família podem trazer transtornos para a relação se se tem uma vida aberta sem segredos ficaria mas fácil de se leva uma relação e a junção seria menos pesada para o casal. Com todos os obstáculos , riscos , desventuras e seus descaminhos  o que se encontra por aqui não se encontra em nenhum outro lugar. O BDSM e envolvente , fascinante e prende a pessoa de uma forma sensacional.

BDSM é para ser vivido interessante,  seja numa relação 24/7 ou não. Sejamos felizes e as consequências resolvemos em conjunto.

domingo, 21 de maio de 2017

A Ligação


A ligação não deve ser feita como uma obrigação, a ligação deve nascer como um momento de amor entre dois seres distintos. Ser feliz é esta em pura sintonia em um ambiente extremamente agradável de respeito e cumplicidade.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Um Outro Tanto


Não sei como consigo
amar-te tanto
se querer-te assim na minha fantasia
é amar-te em mim
e não saber já quando
de querer-te mais eu vou morrer um dia
perseguir a paixão até ao fim é pouco
exijo tudo até perder-me
enquanto, e de um jeito tal que desconhecia,
poder amar-te ainda
um outro tanto.


Maria Teresa Horta

Enquanto


Enquanto 
um calor mole nos tira a roupa 
e mesmo nus sobre a cama 
os corpos continuam a pedir água 
em vez doutro corpo, 
penso no tempo em que o suor 
e a saliva e o odor e o esperma 
faziam dessa agonia 
a alegria 
a que chamávamos amor. 


Eugénio de Andrade

Sexo Oral


Primeiro a tua língua molha o meu
coração, num vagar de fera. Estendo
aurículas e ventrículos sobre a mesa, entre
os copos que desaparecem. Não há mais
ninguém no bar cheio de gente. Abres-me agora os
pulmões, um para cada lado, e sopras. Respiras-
-me. O laser das tuas palavras rasga-me o lobo
frontal do cérebro. A tua boca abre-se e fecha-se,
fecha-se e abre-se, avançando
por dentro da minha cabeça. As minhas cidades
ruem como rios, correndo para o fundo dos teus olhos.
O tempo estilhaça-se no fogo
preso das nossas retinas. O empregado do bar
retira da mesa o nosso passado e arruma-o na vitrina,
ao lado dos exércitos de chumbo.
Entramos um no outro,
abrindo e fechando as pernas
das palavras, estremecendo no suor dos
olhos abraçados, fazendo sexo
com a lava incandescente dessa revolução
imprevista a que damos o nome de amor.

(Inês Pedrosa)

domingo, 7 de maio de 2017

Volúpia e Prazer


Os nossos corpos anseiam-sepor 
se tocarem e se amarem
As tuas mãos grandes e fortes
percorrem todo o meu corpo
deixam-me arrepiada e libidinosa
provocam em mim gemidos sem fim
fugiam de nossos lábios
Onde nossos corpos
Se contorcem
De volúpia e prazer 
Ocorrendo a explosão de nossos
corpos nos entregamos ao 
inteiro e absoluto 
desejo que nós és permitido
experimentar.

Excitação Poética


Quando escrevo, eu me excito
Só, de amor, pensar em ti...
Sinto as entranhas ardendo,
Vou com prazer remoendo
O que contigo vivi.

Ondas de calor me afagam,
Sofro a dor dos desejos.
E cada verso transpira
A excitação que me inspira
A buscar mais por teus beijos.

Cada poema que faço
É como amor fazer:
Tomar-te em mim, amado,
Sentir teu corpo adorado
Penetrando em meu querer...


Rolam as letras que traço
Como rolamos nós dois...
E permanecem mostrando,
Nosso prazer expressando
Antes, durante... e depois...

Maraína Bastos

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Florbela Lótus


Sinto teu olhar tocando
Tuas mãos me invadindo
Tua boca me devorando
Sinto teu hálito na minha nuca
Ouço você a dizer coisas inaudíveis
Imploro mentalmente por mais
De olhos fechados espero mais
E então me dou conta que estou apenas recordando o que já vivemos.
E quem disse que a saudade dói?
A minha saudade excita, deixa a respiração ofegante
Minha saudade é combustível pro tesão e desejo que tenho por você….

Florbela Lótus

quinta-feira, 4 de maio de 2017

O Caminho


Quando escolhemos nosso caminho nada nem ninguém pode nós fazer sair dele a não ser se nós próprio permitir tal aventura, mas estejamos cientes das consequências futuras por tal ato. Ser Switcher e uma essência que não se esvaira ao vento quando não se quer mais, ser Switcher e mostra que você pode se capaz daquilo que está no seu interior seja na posição de um Top ou bottom. Deixa que isso morrer para agrada outro, apenas trará um sentimento de falta e ficara um vazia dentro de ti. Somos capaz de nos transformar nas belas e preciosas peças como no mais perverso ser Dominante que pode se demonstrado em cena, basta apenas encontrarmos o artesão certo pra molda a peça é ensina-la seu trajeto, seja em uma posição inferior como numa superior, pois uma vez com o artesão certo seu crescimento em ambos os lados pode ser extremamente surpreendente e prazeroso. Não sejamos menos e sim o mais sempre, o caminha e árduo de muito trabalho para se o que seu corpo anseia seja na penumbra do dia ou da noite siga forte nas batalhas impostas pelo destino no seu caminho.

Sentimentos que me faz prosseguir por este cominho que me foi apresentado a cada dia, mês e ano.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Trecho de Música


Clouded dream on an earthly night
Hangs upon the crescent moon
A voiceless song in an ageless light
Sings at the coming dawn
Birds in flight are calling there
Where the heart moves the stones
There that my heart is longing for
All for the love of you

Painting hangs on an ivy wall
Nestled in the emerald moss
Eyes declare a truce of trust
Then it draws me far away
Where deep in the desert twilight
Sand melts in pools of the sky
Darkness lays her crimson cloak
Your lamps will call me home

Loreena McKennitt

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Orgia


A realeza sublime depõe contra a santidade
Do virginal sangue,fonte em falo derrama-se,
Nos olhos dos alabastros,pupilas imóveis,
Na qualidade de eternos monumentos,pecados.

Expondo genitálias e carnes despudoradas,ora rotundas,juvenis dádivas,
Contemplam a peste,a veste erguida e o clamor da mortalha
Trespassando o desejo reprimido,orgia encravada no seio esquerdo
Da prostituta redimida ,a máxima do orgamo recitada em coro ébrio,mesmo flácida.

O gozo no rosto a espera,cerrado em suor e lágrimas,
Fluidos na terna tez lívida onde coagula ferocidade inata,
Compartilha entre incontáveis sorrisos e lábios húmidos a messe lasciva,
Suspiros e gemidos,gritos, a celebração máxima liberta as almas
Em blasfema veneração bacante.

Raimundo Sturaro

sábado, 25 de março de 2017

Carlos Drummond de Andrade


Sugar e ser sugado pelo amor
no mesmo instante boca milvalente
o corpo dois em um o gozo pleno
Que não pertence a mim nem te pertence
um gozo de fusão difusa transfusão
o lamber o chupar o ser chupado
no mesmo espasmo
é tudo boca boca boca boca
sessenta e nove vezes boquilíngua.